Como sacar o saldo do FGTS em Ribeirão Preto


O governo federal anunciou a liberação dos saques das contas ativas e inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e Fundo PIS-Pasep. 

Os saques terão duas modalidades: saque emergencial e saque aniversário. Na primeira delas, que começa em setembro, o trabalhador poderá sacar até R$ 500. Enquanto na outra, poderão ser sacados valores maiores, a partir de 2020, com base no mês de aniversário do interessado. O calendário para saques será divulgado pela Caixa Econômica Federal no dia 5 de agosto.

De acordo com o Ministério da Fazenda, essa liberação fará com que, somente em 2019, R$ 28 bilhões sejam injetados na economia nacional. Em uma projeção "conservadora", o economista da Associação Comercial e Industrial de Ribeirão Preto (Acirp), Gabiel Couto estima que R$ 96,7 milhões entrem em circulação na cidade.

A estimativa foi feita com base na média de contas ativas em todo o país. A Caixa Econômica Federal não disponibiliza os dados com o número de contas do FGTS por município

 

Quando começam os saques do FGTS?

Os saques de até R$ 500 começam em setembro. No dia 5 de agosto a Caixa irá divulgar um calendário para os saques.

Já o saque aniversário poderá ser feito no mês em que o beneficiário faz aniversário, com um limite de até dois meses. Ou seja, se ele faz aniversário em janeiro, poderá sacar o valor até março.

Quem tiver interesse em migrar para essa categoria, poderá realizar saques anuais, apenas. Caso o trabalhador queira retornar ao saque rescisão, ele poderá fazer isso somente após dois anos.

Já os saques do Fundo PIS-Pase começam no dia 19 de agosto.

 

Como sacar o dinheiro do FGTS?

Se o beneficiário tiver conta na Caixa, o valor será depositado automaticamente. Caso ele deseje não realizar o saque, pode informar ao banco para devolver o valor à conta vinculada ao FGTS.

Para que não tem conta na Caixa, deverá aguardar o cronograma para realizar os saques nos guichês do banco. Para os saques inferiores a R$ 100 poderão ser realizados em casas lotéricas, mediante apresentação de carteira de identidade e CPF.

 

Qual o valor limite do saque?

No saque emergência, o trabalhador terá o limite de até R$ 500 por conta vinculada ao FGTS. Caso ele possua, por exemplo, R$ 400 em duas contas diferentes, poderá sacar R$ 800.

O saque aniversário funciona com uma tabela de valores que levam em consideração a quantia em conta. Para quantias de até R$ 500, o beneficiário poderá sacar até 50% do valor, ou seja, R$ 250. Entre R$ 1 mil e R$ 5 mil, será possível sacar até 30%. A tabela termina em valores acima de R$ 20 mil, onde será possível retirar até 5% do total.

 

Fonte: Revide.com